quinta-feira, 29 de junho de 2017

Primeiras impressões sobre o processador AMD Ryzen





Antes de comprar o Ryzen vi vários vídeos no Youtube e vários deles davam vantagens para Intel em jogos em render tais vídeos não conseguiam dar vantagem a Intel, uma vez que a nova linha da AMD possui maior número de Trheads e núcleos físicos.
Alguns vídeos até hoje fazem comparações bem ridículas como compara o R7 1800X com o I7 7700k, dizendo que o R7 1800X é mais caro!
É claro que é mais caro pois não são do mesmo seguimento a linha 1800X foi desenvolvida para competir com processadores da linha Intel mais caras como o I7 5960X, mas vamos lá a minha experiência...
Realmente o R5 1600X me surpreendeu em jogos e em Renderização de arquivos tive um enorme ganho de desempenho como mostro no vídeo abaixo em que comparo o R5 1600X ao meu saudoso FX6300 :



Notem que o ganho desempenho foi muito grande, ressaltando que este jogo está rodando no Arch Linux, e porque friso o Linux, por que escutei também que o Ryzen não rodaria bem no "Pinguim" já que é um processador lançado recentemente, não só rodou muito bem no Linux como ganhou do Windows nos teste de renderização no Blender como mostro no vídeo abaixo:


Nos primeiros testes do Ryzen exibidos em canais do Youtube o mesmo ainda era bem recente e rodando com BIOS beta o que foi um prato cheio para quem queria puxar o saco da Intel, no entanto após a primeira atualização da BIOS que foi lançada pelos fabricantes o Ryzen melhorou muito.
Me disseram que eu ia me arrepender em comprar novamente um AMD de futuro inserto, afirmo a vocês meus leitores que não me arrependi, estou muito feliz com a compra, o Ryzen é o perfeito equilíbrio para quem Renderiza fotos e vídeos como eu e ainda quer jogar nas horas vagas!  
Previous Post
Next Post

2 comentários: