quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Migração do Adobe Lightrom para o Darktable, minha experiência!

Migração do Adobe Lightrom para o Darktable, minha experiência! 



Assim como uma boa parte dos fotógrafos usei os pacotes Adobe por bastante tempo, mesmo após conhecer ferramentas Open Source alternativas tive uma certa resistência para iniciar a migração, em partes e acredito que com razão, demorei a olhar para as alternativas para não perder a produtividade, não que o Darktable seja lento e sim por causa da curva de aprendizagem.
Aprender algo novo em geral gera resistência de muitos, afinal preferem continuar no que já sabem ao iniciar uma aventura por novas terras, neste caso, novos Softwares, já me deparei com o cúmulo de indicar um software Open Source eficiente para alguém e este preferir a versão pirata de algo que já sabe, ao invés de adquirir novos conhecimentos.
Mas um certo dia me cansei daquela mensagem "ADOBE LIGHTROM NÃO ESTÁ RESPONDENDO", isso acontece com frequência em softwares que rodam no Windows, no Linux também não é mil maravilhas mas existe uma enorme vantagem na minha opinião, no Linux os programas "CRASHAM "mas você consegue finalizar e abrir o Software novamente com uma velocidade muito superior a do Windows, ou seja, menos tempo perdido e os Crash's também são mais difíceis de acontecer no Linux. Enfim, iniciei meu aprendizado no Darktable achei incrível os resultados, o sistema de edição é parecido com o Lightrom com diferenças é claro, mas com a vantagem de não se pagar nada com os mesmos resultados ou talvez até melhores resultados diga-se de passagem.



Para quem quiser acompanhar, estou fazendo uma série em que mostro como essa incrível ferramenta funciona, você também pode me seguir nas redes sociais para não perder minhas postagens estou bem ativo ultimamente.

Playlist Darktable:

Me siga nos perfis Profissionais: 

Facebook: Livre Software
Twitter: Twitter

Latest
Next Post

0 comentários: